domingo, 31 de janeiro de 2016

Saída dos 6 iyawo no Ilè Funfun Asé Awò Oso’Ogun

Gostaríamos na publicação de hoje apresentar um pequeno vídeo (cerca de 10 minutos) sobre a saída de seis awon iyawo de nosso ilè. Aos devotos do candomblé a dinâmica é conhecida. Falamos para todos os simpatizantes, em linhas gerais, como se processa nos vários aşé essa saída:

Inicia-se o şirè normalmente. Os orin são cessados e ocorre a primeira saída das iyawo. Nessa saída são entoados orin específicos.

Na sequência, as iyawo são recolhidas e retorna o şirè. Mais alguns instantes e ocorre a segunda saída com características específicas de fundamento. As iyawo são novamente recolhidas e o şirè é pausado. Normalmente em Oşumarè, um antes de şangò.

Finalmente, ocorre a terceira saída, onde as iyawo também manifestadas no Orişà e com a roupa de festa (aşó odun) tiram o orunkó, ou seja, dão o seu nome. Momento de êxtase no terreiro. Em seguida todos os Orişà dão seu run individualmente abençoando todos os presentes. As iyawo são recolhidas e o şirè retoma em şangò.

Nesse momento, todos os elegun dão o transe. Também é comum que, após o Babá dar o transe para onilè, todos os elegun darem transe de igual forma. Dessa maneira o candomblé se processa. Culto, louvação, cura em níveis naturais, sociais e sobrenaturais fazendo uso do que há de melhor: a presença dos Orişá. Algo que só é possível por quem é iniciado nesse mister e possui a casa aberta com seu egbé cônscio das responsabilidades do Aşé.





Motumbá, Mucuiú, Kolofé, Axé, Salve,
Babá Rivas T'Ogyion
Ifatosh'ogun "O sacerdote de Ifá que tem o poder de curar”
Publicação 666

Nenhum comentário:

Postar um comentário