quinta-feira, 10 de outubro de 2013

Nossa filha de santo na Academia: CONINTER 2013

É com grande alegria e satisfação que informamos da participação da nossa filha espiritual, professora da FTU e Mestra em Ciências Sociais Érica Jorge (Yacyrê) no II CONINTER (Congresso Internacional Interdisciplinar em Socias e Humanidades). O evento deste ano ocorreu nas dependências da UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais).

Em sua fala, Érica Jorge fala sobre políticas públicas nos terreiros de Candomblé. Algo de suma importância para todos nós das Religiões Afro-brasileiras. Encerramos nossa publicação disponibilizando as palavras da própria Érica, bem como algumas fotos. Axé!

"Registros da minha apresentação que pretendeu discutir a mudança de um olhar universalista para um olhar para e pela diferença, principalmente pós Conferência de Durban (2001). O foco de análise foi o Projeto Mapeamento de Terreiros em Salvador, pretensa política pública que visava a valorização fundiária das casas de santo, mas que não atingiu resultado final. Tivemos, sim, um quadro mais claro das características religiosas, sociais, demográficas dos terreiros. Mas, muito ainda está por ser feito pelas instâncias públicas, movimentos sociais e acadêmicos em prol do resgate do arsenal cultural-religioso afro-brasileiro"



obs: Clique para ampliar

Aranauam, Motumbá, Mucuiú, Kolofé, Axé, Salve, Saravá
Rivas Neto (Arhapiagha) – Sacerdote Médico
Ifatosh'ogun "O sacerdote de Ifá que tem o poder de curar”
Publicação 398

Nenhum comentário:

Postar um comentário