terça-feira, 19 de março de 2013

Rito na OICD-DF: Exu Senhor da Comunicação e Diversidade

Na publicação de hoje, gostaríamos de passar a "pena" para nosso filho espiritual Aramaty (Pai Ramos) que comentará em breves palavras como foi o rito de Exu em Brasília intitulado: "Exu Senhor da Comunicação e da Diversidade". Axé!


Aranauam, Motumbá, Mucuiú, Kolofé, Axé, Salve, Saravá
Rivas Neto (Arhapiagha) – Sacerdote Médico
Ifatosh'ogun "O sacerdote de Ifá que tem o poder de curar”
Publicação 340



Exu Senhor da Comunicação e Diversidade

No último dia 2 de março, foi realizado no templo da Ordem Iniciática do Cruzeiro Divino, subsede Distrito Federal mais um Rito de Celebração à Diversidade nas Religiões Afro-brasileiras. O tema foi: Exu Senhor da Comunicação e da Diversidade.
Presentes mais de duzentas pessoas entre elas várias lideranças espirituais, estudantes da Universidade Federal de Uberlândia, professores doutores e consulentes. Todos compartilhando de um ambiente de alegria e de muito trabalho, pois a maiorias destes Pais e Mães espirituais colocaram  “em terra” seus exus e pomba giras.
Os que estiveram presentes puderam demonstrar como é possível conviver pacificamente, mesmo com visões diferentes. Mais um exemplo de respeito e convivência pacifica proporcionado pelo povo do santo.
O rito foi marcado por momentos importantes. Antes do início do Rito os professores, acadêmicos e pesquisadores da UFU (Universidade Federal de Uberlândia) fizeram uma visita acompanhada pelas várias dimensões do Templo da OICD-DF, observando espaços onde várias formas de visão da Umbanda são reverenciadas: Exotérica, Mística, Kimbanda, Mesa da Jurema e o Templo principal.
Nem a falta de luz devido a problemas técnicos da concessionária de energia elétrica atrapalhou. Pelo contrário, proporcionou uma experiência inusitada de todo o Rito ser realizado à luz de velas! 
O tema do rito foi Exu Senhor da Comunicação e Diversidade. Mais uma vez foi possível atestar que Exu empoderando as pessoas presentes, reafirma que todos temos força, poder, que devemos lutar contra a submissão, contra a falta de respeito, contra a injustiça. Enfim Exu prega, de forma silenciosa e pacífica, promove paz abalando as estruturas do status quo de estratificação e submissão existente hoje no mundo. Alem disso Exu também se coloca como agente político e social apaziguando dilemas e minimizando os impactos que estes produzem na coletividade.
Sob esta perspectiva fica evidente os motivos de Exu ser tão vilipendiado e alvo de preconceitos, especialmente dos que propagam a submissão, medo e manutenção das diferenças, seja entre ricos e pobres ou entre pecadores e salvos.
Sem dúvida, mais um momento que ficará marcado no história e na memória dos que o vivenciaram. Vale ressaltar que foi realizado e alcançou o seu ápice graças às as orientações e direcionamentos de meu Pai Espiritual, Pai Rivas (Mestre Arhapiagha), a quem mais uma vez agradeço a oportunidade do trabalho ! Axé Baba Mí !

Aramaty-Silvio Garcez
Discípulo de Pai Rivas






Um comentário:

  1. Agradeço a oportunidade de ter participado do 1° Rito Exu Senhor da Comunicação e Diversidade e por fazer parte de um grupo como este da OICD - DF e mais de estar podendo compartilhar experiencias únicas e tão grandiosas, um crescimento espiritual a cada encontro. Fico a peguntar como pude ficar tanto tempo fora do terreiro? E logo respondo, como fala o Senhor Gira-Mundo que na verdade eu sempre estive lá, só estava esperando a hora certa. É um lugar tão surpreendente e acolhedor com ensinamentos que com certeza se perpetuarão na minha essência. Obrigada ao meu Avô Pai Rivas e ao meu Pai Mestre Aramaty poe toda paciência, carinho e atenção, e todos irmãos. Grata, Patrícia.

    ResponderExcluir