segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Religiões afro-brasileiras são a própria diversidade




Aranauam, Motumbá, Mucuiú, Kolofé, Axé, Salve, Saravá
Rivas Neto (Arhapiagha) – Sacerdote Médico
Ifatosh'ogun "O sacerdote de Ifá que tem o poder de curar”
Publicação 212

Um comentário:

  1. Benção Mestre

    Axé Baba mi

    Mais um maravilhoso video.

    O que me chamou a atenção foi quando o Sr. disse do estilo de vida, na questão de ser questionado sobre ir ao "terreiro" todos os dias e ficar até altas horas da madrugada.

    Acredito que muitos de nós tambem sofremos estes questionamentos, por quem não faz parte das religiões afro-brasileiras. Muitos ja me perguntaram:

    Você precisa ir todo dia? Chega de madrugada e para trabalhar no outro dia?

    A resposta as estes "questionamentos", vem do exemplo do seu estilo de vida Mestre: a felicidade.

    Pois como o Sr. disse no video, vai ao terreiro pois se sente feliz e eu como filho espiritual o sigo da mesma forma, pois tambem me sinto feliz.

    Axé Baba mi

    Rodrigo Bueno

    ResponderExcluir