quarta-feira, 29 de junho de 2011

Pais e Mães de Santo - Os Bastiões da Tradição Oral

Já falamos sobre Tradição Oral em várias oportunidades, mas nada melhor que um vídeo, como o que se segue, para expressar nossa visão sobre o tema. Entregamos este vídeo para todos os Sacerdotes das Religiões Afro-brasileiras como uma homenagem por seus esforços em manter a Iniciação Viva, independente dos percalços, verdadeiros bastiões da Tradição Oral! Axé!



Aranauam, Motumbá, Mucuiú, Kolofé, Axé, Salve, Saravá

Rivas Neto (Arhapiagha) – Sacerdote Médico

Ifatosh'ogun "O sacerdote de Ifá que tem o poder de curar”

Publicação 159


3 comentários:

  1. Bençãos meu Pai!

    Saravá a todos os Irmãos!

    Antes de mais nada quero manifestar meu total e irrestrito apoio ao manifesto e assumir o compromisso de assiná-lo logo que esteja na FTU.

    Posso falar de minha própria vivência sobre os benefícios que um Discípulo de um Pai Espiritual com "Ordens e Direitos" outorgados pelo Astral Superior, recebe. Sou hoje, uma pessoa bem melhor do que era antes de conhecer Pai Rivas.
    O amor que tenho recebido, respeitando sempre, as minhas limitações, me faz mais forte, dia à dia.

    Acredito que todos devem se sentir assim.

    Vida longa a nosso Pai Rivas para que esse grandioso trabalho em prol das Religiões Afro-Brasileiras, da Sociedade com um todo e da Humanidade possa ter continuidade,

    Um Saravá Fraterno à todos,

    Yamaratanan (Pai Antonio Carlos)
    Discípulo de Mestre Arhapiagha (Pai Rivas)

    ResponderExcluir
  2. Benção Mestre!
    Quero agradecer pela oportunidade de estar neste caminho espiritual junto do Sr. e de meus irmãos de santo. Cada dia aprendo um pouco mais e isso me faz crescer,enxergar quem sou e acreditar que posso me tornar uma pessoa melhor!!! Obrigada meu pai!!!
    Marta Medeiros

    ResponderExcluir
  3. Ao Mestre Arhapiaga peço a sua bênção sempre. Apoio totalmente o Manifesto e assino quantas vezes for necessário.

    Após quase 32 anos de convivência e filiação, quero registrar meus sinceros agradecimentos por ser sua filha, e neta de Pai Matta, aos quais sou muito honrada, pelos ensinamentos que obtive desde o início, mesmo ausente, pois o que sou hoje, como filha e pessoa, eu devo ao senhor, que sempre foi um Mestre Iluminado e defensor dos cultos afro-brasileiro em suas mais variadas formas de manifestação, pela sua paciência, dedicação, e ao Astral que nos abençoa sempre, seja em espírito, corpo e verdade.

    Que as obras do velho Matta e Silva e a suas obras sejam eternas e que possam nortear muitos milhares de adeptos e discípulos que foram, são e serão filhos de Caboclo Urubatão da Guia.

    Axé mi Babá Ifatoxô.

    Oribacyan

    ResponderExcluir