segunda-feira, 20 de junho de 2011

Orixá é dono da cabeça - Senhor do inconsciente


RESUMO


A maior parte da mente é inconsciente. Por intermédio de seu conteúdo influencia a porção consciente; o inconsciente é o ponto chave da atuação do Orixá, influenciando diretamente a consciência do indivíduo, fazendo com que se afirme que o “filho de santo” adquire o comportamento, (arquétipo) de seu Orixá, o que proporciona uma maior capacidade de identificação individual e social com o grupo afim.


Os estudos realizados na FTU e os textos postados no Blog Espiritualidade e Ciência (F. Rivas Neto) tem ampliado e dado margem ao salutar diálogo. Ousou afirmar que o Orixá influencia o indivíduo por intermédio da porção inconsciente, ou seja, o Orixá atua no inconsciente profundo proporcionando o transito para o consciente. O conteúdo por intermédio de rituais de fundamento e atualização do axé é levado ao consciente favorecendo a identidade, fortalecendo a personalidade do indivíduo, e, principalmente, a conexão com seu genitor divino – o Orixá, por intermédio do Ori preparado para tal (Ori Inu).


Palavras-chave: Consciente, FTU, Inconsciente, Ori, Orixá.


ABSTRACT


Most of the mind is unconscious. Through its content influences the conscious portion, the unconscious is the key to the action of the Orisha, directly influencing the individual's consciousness, so that it is stated that the "son of the saint" takes on the behavior,(archetype) of your Orisha , which provides a greater ability to identify individual and social order with the group.


Studies in the FTU and the texts posted on Science and Spirituality Blog (F. Neto Rivas) has expanded and given rise to healthy dialogue. Dared to assert that the Orisha influences the individual through the unconscious portion, ie, the Orisha acts in the deep unconscious providing transit to the conscious. The content through foundation rituals and update of the axé is brought to consciousness favoring identity, strengthen the individual's personality, and especially the connection with your divine parent - the Orisha, through Ori prepared for this (Ori Inu).


Keywords: Conscious, FTU, Unconscious, Ori, Orisha.





ORIXÁ É DONO DA CABEÇA - SENHOR DO INCONSCIENTE


O Homem - Homo sapiens sapiens - é melhor caracterizado, diferenciado de outros seres vivos, pois tem consciência, isto é, ele é capaz de fazer sua inteligência debruçar sobre si mesma para tomar posse de seu próprio saber.


Isso faz do Homem um sistema aberto, relacionado consigo e com o mundo; volta-se para dentro de si, interiorizando ou exteriorizando-se buscando entender o universo.


O Homem centrado em si mesmo (sujeito), em seus aspectos interiores, faz reflexão. Isto permite acessar o seu interior, manifesto por intermédio do falar, criar, afirmar, propor e inovar.


Por sua vez, a concentração da consciência nos objetos exteriores (do outro) exige atenção. É o que se pode chamar de alteridade a qual exige escutar, absorver, reformular, rever e renovar.


O despertar da consciência critica depende do harmonioso crescimento dessas duas dimensões da consciência: a reflexão sobre si e a atenção sobre o mundo. Se apenas uma delas progride, há uma deformação, um abalo no desenvolvimento da consciência critica.


O crescimento só da consciência de si leva o individuo ao isolamento, ao fechamento interior, ao labirinto narcisista.


No outro extremo temos apenas o crescimento da consciência do outro (alteridade). Essa unilateralidade conduz a perda da identidade pessoal, a exaltação dos objetos externos, ao alheamento.


Tomando esses conceitos como válidos não se pode ignorar a parte consciente da mente, sendo ela, a menor, pois quase a totalidade é inconsciente.


A maior parte da mente é inconsciente. Por intermédio de seu conteúdo influencia a porção consciente; o inconsciente é o ponto chave da atuação do Orixá, influenciando diretamente a consciência do indivíduo, fazendo com que se afirme que o “filho de santo” adquire o comportamento, (arquétipo) de seu Orixá, o que proporciona uma maior capacidade de identificação individual e social com o grupo afim.


Os estudos realizados na FTU e os textos postados no Blog Espiritualidade e Ciência (F. Rivas Neto) tem ampliado e dado margem ao salutar diálogo. Ousou afirmar que o Orixá influencia o indivíduo por intermédio da porção inconsciente, ou seja, o Orixá atua no inconsciente profundo proporcionando o transito para o consciente. O conteúdo por intermédio de rituais de fundamento e atualização do axé é levado ao consciente favorecendo a identidade, fortalecendo a personalidade do indivíduo, e, principalmente, a conexão com seu genitor divino – o Orixá, por intermédio do Ori preparado para tal (Ori Inu).


O texto busca dar início ao estudo que afirma que o Orixá se antropomorfiza para ser inteligível ao Homem e não o contrário. Além disto, não se pode ignorar que se está diante de duas linguagens diferentes (inconsciente e consciente) que precisam ser decodificadas e traduzidas.


Para melhor compreensão do instigante tema postou-se o vídeo disponibilizado nesta publicação que inicia a discussão, o dialogo como forma de ampliar e acertar a rota de avançado estudo. Nas próximas publicações se pretende ampliar o tema e com ele mais discussões. Axé!







Aranauam, Motumbá, Mucuiú, Kolofé, Axé, Salve, Saravá


Rivas Neto (Arhapiagha) – Sacerdote Médico


Ifatosh'ogun "O sacerdote de Ifá que tem o poder de curar”


Publicação 156

Um comentário:

  1. ACHEI MUITO INTERESSANTE, POIS OS FUNDAMENTOS NO CANDOMBLE, SÃO TODOS VELADOS, SOU INICIADO NO VODUM (GEGE MARRIM), MEU AXE A TODS

    ResponderExcluir