segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Religiões Afro-brasileiras: da Medicina Preditiva à Medicina Paliativa

Resumo


o Homo Sapiens Sapiens, o “homem que sabe que sabe”é entendido pelas Religiões Afro-brasileiras de maneira geral como sendo uma entidade biopsicossocial. O ser espiritual (essência) manifestou-se na matéria (substância) propiciando a vida (existência).

A manifestação deu-se em três níveis: primeiro o mental (psíquico); segundo o corpo (biológico) e terceiro, o social, o relacionamento do homem com outros homens, enfim com a sociedade.

Palavras-chave: medicina preditiva, medicina preventiva, medicina curativa, medicina paliativa, IFE, Religiões Afro-brasileiras.


Abstract


Homo Sapiens Sapiens, the "man who knows he knows" is understood by the Afro-Brazilian religions in general as a biopsychosocial entity. The spiritual being (essence) is manifested in the matter (substance) providing life (existence).

The manifestation took place in three descending levels: first, the mental (psychological); second, the body (biological) and third, the social, man's relationship with other men, and finally with the society.

Keywords: predictive medicine, preventive medicine, curative medicine, palliative medicine, IFE, Afro-Brazilian religions



RELIGIÕES AFRO-BRASILEIRAS: DA MEDICINA PREDITIVA À MEDICINA PALIATIVA

O Homo Sapiens Sapiens há milhares de anos habita o planeta Terra. Os poucos mais de seus bilhões de habitantes tem como ancestrais, segundo a Academia, não mais do que um mil habitantes que sobreviveram ao cataclismo ocorrido há milhares de anos.

É instigante entender como poucas pessoas propiciaram uma população (nos dias de hoje) de seis bilhões de habitantes. A biologia, a antropologia e a sociologia afirmam que o aumento da população, pelo menos no início (após o cataclismo) deveu-se a cooperação entre eles superar o conflito. Infortunadamente não seguimos os ensinamentos e exemplos dos ancestrais avoengos, pois se o fizéssemos não estaríamos num mundo de excluídos e miseráveis de todos os matizes.

Após esta breve alusão à sociedade humana, necessário se faz entender quem é o Homo Sapiens Sapiens, o “homem que sabe que sabe”.

É entendido pelas Religiões Afro-brasileiras de maneira geral como sendo uma entidade biopsicossocial. O ser espiritual (essência) manifestou-se na matéria (substância) propiciando a vida (existência).

A manifestação deu-se em três níveis: primeiro o mental (psíquico); segundo o corpo (biológico) e terceiro, o social, o relacionamento do homem com outros homens, enfim com a sociedade.

A longevidade e a boa qualidade de vida dependem desses três relacionamentos que proporcionam equilíbrio, estabilidade e harmonia (triunidade da saúde).

A perda desta triunidade, invariavelmente, faz o indivíduo adoecer, ficar doente.

A medicina seja ela preditiva, preventiva, curativa ou paliativa deve para futuro não muito distante concluir que aquilo que temos como causas das doenças poderão ser apenas efeitos.

Segundo a visão das Religiões Afro-brasileiras doença é todo qualquer sofrimento, seja ele espiritual, mental, emocional, moral ou físico.

A própria medicina preconizada pela ciência oficial chegará à conclusão que as doenças (doentes), podem ser devidas à própria personalidade do indivíduo, ou seja, o que pensa, sente e age. Em suma, a própria conduta em relação a si mesmo, aos outros, à sociedade, à natureza e ao Sagrado.

Para melhor estudarmos e pesquisarmos esses fatores, em nosso consultório fazemos associação dos conhecimentos adquiridos na academia (médico) e os filosófico-religiosos desenvolvidos no IFE (Instituto de Filosofia Espiritualista). Os estudos e pesquisas aliados aos conhecimentos disponíveis permitem tratar nossos pacientes com uma visão globalizada, humanizada e espiritualizada, pois medicina e teologia permitem a vivência de paz, a grande indutora de homeostasia (equilíbrio geral do organismo).

Quanto á medicina paliativa, atendemos pacientes que tenham diagnóstico confirmado por equipe gabaritada, com tratamento em andamento, e com a total permissibilidade da equipe, pois não estamos nos apresentando como um cura-tudo e muito menos ferimos os cânones da diceologia da nobre arte-ciência (medicina acadêmica).

Introduziremos nossas idéias, aqui sumarizadas, no vídeo ora disponibilizado ao prezado irmão planetário.

Continuaremos nossa proposta de reunir os conhecimentos científicos (medicina) em associação com a Espiritualidade, em especial, com as Religiões Afro-brasileiras. Axé!




Aranauam, Motumbá, Mucuiú, Kolofé, Axé, Salve, Saravá

Rivas Neto (Arhapiagha) – Sacerdote Médico

Ifatosh'ogun "O sacerdote de Ifá que tem o poder de curar”

Publicação 119

Nenhum comentário:

Postar um comentário